Vale mais a pena contratar ou terceirizar a TI na empresa?

Nos últimos anos, muito tem sido falado sobre inovações tecnológicas, maneiras de melhorar a produção, otimizar tempo, reduzir gastos da empresa e outras inquietudes. E nessa linha de raciocínio, algo que tem se valorizado muito ultimamente é a terceirização da TI (Tecnologia da Informação).

Uma gestão de TI eficiente ajuda não só na parte informatizada da organização, como também contribui e influencia diretamente em aspectos produtivos, econômicos e logísticos. Isso sem falar na prestação de assistências técnicas diferenciadas, por exemplo, em softwares e bancos de dados.

Uma grande dúvida nesse meio é se vale mais a pena ter uma equipe interna ou terceirizar a TI. Isso envolve diversos fatores, como custos, movimentação de pessoal, a maneira correta de contratar esse tipo de profissional, entre muitos outros fatores.

Portanto, preparamos para você comparativos que o ajudarão a tomar suas próprias conclusões e decidir a melhor opção para seu negócio. Acompanhe!

Redução de tempo e custos

É fato que uma equipe de TI própria pode ser muito eficiente e prestativa, mas ainda existem gastos periódicos com manutenção de equipamentos e máquinas, problemas diversos do dia a dia, pagamento de salário para os funcionários, entre outros, que sempre serão variáveis e muito imprevisíveis.

Terceirizando o setor, todo esse encargo que recai sobre os fechamentos da companhia acabam, já que em uma contratação de serviços todos os valores já são predeterminados, fixos e mensais.

Então, cabe à empresa terceirizada todos os custos que você teria com pessoal, além de, muitas vezes, oferecer serviços 24 horas, todos os dias da semana. Eliminar esse processo vai poupar tempo, esforço e dinheiro para sua organização.

Foco no que realmente importa

A preocupação com uma equipe interna de TI toma um tempo grande e desnecessário. Quando ocorrem problemas, a situação piora, pois cabe a você resolvê-los, o que torna seu dia a dia muito menos produtivo.

Terceirizar a TI permite que você desvie sua atenção dessa parte do negócio — que, apesar de ser muito importante, pode ser feita por outros —, e comece a focar nas coisas que farão sua empresa progredir substancialmente.

Controle dos serviços

Empresas que terceirizam a TI, na maioria das vezes, oferecem ferramentas que seus funcionários terão facilidade em acessar e usar, ajudando no monitoramento remoto, nas análises, nos desenvolvimentos estratégicos e em diversas estatísticas atuais e futuras.

Além disso, a empresa contratada poderá fornecer relatórios diários ou periódicos de como está o funcionamento e desempenho de tudo na empresa, inclusive os equipamentos. Caso tenha interesse em uma equipe própria, a maioria desses benefícios só será possível se você contratar profissionais especializados nessas tarefas e investir na gestão de monitoramento, tendo resultados somente em médio ou longo prazo.

Experiência na área

Para montar um time completo de TI, você precisa de muitos profissionais especializados em áreas diversas, como analistas, técnicos, pessoal de suporte, entre outros. Já ao terceirizar, todo esse desgaste é repassado para a contratada, que já tem o conhecimento necessário para o negócio e conta com um time de profissionais experientes.

Além do mais, empresas de TI prezam pela qualidade dos serviços prestados, portanto, procuram oferecer a melhor e mais rápida solução para qualquer problema relacionado à sua competência, impedindo que se perca muito tempo com a paralisação temporária das máquinas e afins.

Agora que você já sabe quais são os pontos principais de cada modo de gestão de TI em um negócio, conheça um pouco mais sobre o porquê de terceirizar a TI na sua organização. Continue conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This